As ciências e as nossas imagens de Deus

deuscienciaDepois da crise do mecanicismo a finais do século XIX e princípios do século XX as ciências nos abriram a uma nova concepção do universo, visão do mundo que condicionou também a imagem de Deus. Do Deus cosmológico aristotélico, do Deus arquitecto do universo, do Deus relojoeiro passou-se a uma imagem de Deus mente do universo ou princípio de inteligibilidade. É frequente hoje falar do Deus dos físicos, Deus que se revela na harmonia do existente, não de um Deus que cuide da sorte dos seres humanos na história. É o Deus da religião cósmica (Einstein). Religião cósmica que tem um duplo movimento: por um lado dá-se uma desmitificação do cosmos pela Ciência e, por outro lado, existe uma maior conceptualização da imagem de Deus. O rosto de Deus fica reduzido à mente do universo, "causa final das entranhas do universo" dirá Paul Davies no seu livro La mente de Dios.

Leia mais:As ciências e as nossas imagens de Deus

Tempestade no Lago

tempestadelagoA barca encontrava-se já distante da margem, assaltada pelas ondas. No final da noite veio Jesus caminhando sobre as águas. Vendo-o caminhar sobre as águas, perturbaram-se e diziam: "é um fantasma" e com medo puseram-se a gritar. Mas no instante Jesus falou-lhes dizendo: ânimo, sou eu; não temais".

Leia mais:Tempestade no Lago

Mudam-se os Deuses...

deusapeixeO norte-americano David Molineaux apresenta, com base em dados arqueológicos e paleo-históricos de arte, a tese de que a violência e a guerra se generalizaram a partir do Neolítico.

As estátuas de divindades femininas (Áustria, 25.000 a. c.; Turquia, 7000 a. c.; Juguslávia em 6000 a. c. a deusa-peixe em 4.000 a. c. a deusa-pássaro; também nos chega, na mesma altura, a deusa-pássaro no Egipto, bem como a deusa das serpentes, entre 2.500 e 2.160 a. c.), e o testemunho da faustosa civilização minóica, patente no palácio de Knossos, onde uma pintura de mulheres foi denominada "as parisienses", são argumentos bem fortes para essa tese. O reino de Minos, apresenta-nos uma civilização não patriarcal, uma civilização dita biocêntrica.

Leia mais:Mudam-se os Deuses...

E descobriu que estava nu

desqueestavanu"E...descobriu que estava nu"(Gn. 3, 10).

Esta percepção pode coincidir com a descoberta de que se é "transparência para Deus", de se sentir perpassado/a pelo seu conhecimento, pois toda a esfera de ser humano é-lhe presença sempre actual. Para o humano é, portanto, impossível "ocultar-se" (Sl. 138) de quem é seu autor e origem. Todas as nossas acções e intenções, aspirações e tendências são-lhe mais claras do que a luz do sol.

Leia mais:E descobriu que estava nu

Parábola Da Águia

paraaguiaEra uma vez um homem que, numa caminhada pelo bosque, encontrou um filhote de águia. Levou-o para casa e pô-lo no pátio, onde logo aprendeu a comer o mesmo que os pintainhos e a comportar-se como eles. Um dia, um naturalista que passava por ali perguntou ao proprietário por que razão uma águia, a rainha de todas as aves e pássaros, tinha que permanecer encerrada no pátio com as galinhas.

 

- Como lhe dei a mesma comida que às galinhas e lhe ensinei a ser galinha, nunca aprendeu a voar – respondeu o proprietário - Comporta-se como as galinhas e portanto, já não é uma águia.

Leia mais:Parábola Da Águia

Diversidade E Diálogo Intercultural

dialogointerAtribui-se à antropóloga Margarett Mead a seguinte sentença: "em cada cultura há um relato das origens".

Neste nosso mundo, dizem, existem 10.000 línguas pelo que, cada uma supõe uma cosmovisão. A propósito, poderemos perguntar-nos sobre qual é a nossa cosmovisão. E ao que nos referimos ao dizer "nossa"? A este meu país? Ao cidadão nacional? Aos que têm a sua residência entre nós? Aos que, mesmo sem papéis, trabalham e vivem efectivamente entre nós? Que pretendemos afirmar, quando a TV mostra a inédita chegada de uma embarcação de clandestinos ao Algarve? A que nos referimos, quando o governo manda vir e confere cidadania a uns desconhecidos de uma determinada parte, enquanto indeterminada quantidade de estrangeiros solicitam, há anos, legalização? Terá a ver com a multiplicidade de idiomas que se escutam pelas ruas ou nas superfícies comerciais? Que é isto se não diversidade cultural? Que mensagens nos chegam por estes e outros factos da vida e que pistas nos dão sobre o que realmente somos? Pretendêramos colher todas as opiniões e equivaleria – não digo a 10.000 pontos de vista – mas, de certo, a um número a que nem sequer as estatísticas conseguem responder.

Leia mais:Diversidade E Diálogo Intercultural

Crise neoliberal e sofrimento humano

neoliberalO balanço que faço de 2010 vai ser diferente. Ponho ênfase num dado pouco indicado nas análises: o imenso sofrimento humano, a desestruturação subjectiva, especialmente dos assalariados, devido à reorganização económico-financeira mundial.

Leia mais:Crise neoliberal e sofrimento humano

Para que possam escolher a Vida e Viver...

bairrosÉ urgente Evangelizar nos Bairros Sociais

Para que possam escolher a Vida e Viver...

A propósito da Semana da vida, que decorrerá de 15 a 22 de Maio e que tem como tema, "Escolhe a vida e viverás" (Dt 30,15-19), ocorre-me escrever sobre uma temática que considero urgente nos tempos que correm: Levar o Evangelho aos bairros sociais e zonas degradadas e carenciadas, onde a tentação da "cultura da morte" e o desrespeito pela vida, em todas as suas formas e momentos, se torna, por vezes, visível.

Leia mais:Para que possam escolher a Vida e Viver...

Porquê a Opção Pelos Pobres

pobres2No pobre não há só morte, carência, encontramos humanidade, pelo facto de ser pobre. A história de Jesus é a de um judeu marginal, para quem o pobre é representante da pessoa autêntica: homem/mulher novo/as com os que quer descobrir o Reino.

Leia mais:Porquê a Opção Pelos Pobres

Uma Nova Era Já Começou

novaera«Recomendo a leitura deste e-mail com muita acuidade! Muitas das ideias expressas já deixaram de ser utopias...é a realidade nua e crua! Fica a esperança da última frase «o mundo sempre mudou para melhor!»

Está a acontecer na nossa rua e à nossa volta, e ainda não percebemos que a Revolução, uma nova Era já começou!

Leia mais:Uma Nova Era Já Começou